Drogas no trabalho: o que as empresas podem fazer?

A dependência química é um problema de saúde que pode trazer impactos para qualquer tipo de empresa. Isso porque, além de eventuais faltas e atrasos, as drogas reduzem a produtividade e aumentam os riscos de acidentes no local de trabalho.

E não se trata de casos isolados: dados do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) comprovam o crescente número de trabalhadores afetados pelo uso de álcool e outras drogas. Entre 2009 e 2013, o número de auxílios-doença por alcoolismo ou dependência química cresceu mais de 50% em nove Estados brasileiros e no Distrito Federal. Amapá, Pernambuco, Goiás, Paraíba, Distrito Federal, Pará, Ceará e Mato Grosso lideram o aumento dos pedidos de afastamento.

Portanto, não é um problema que pode ser ignorado e é fundamental que as empresas estejam aptas para a prevenção e identificação de possíveis colaboradores dependentes químicos e, principalmente, consigam orientar e encaminhá-los para um tratamento adequado, pois a demissão, além de não ser uma solução, pode acarretar em processos trabalhistas por discriminação.

O que fazer?

É preciso que as empresas fiquem atentas ao comportamento dos funcionários e estejam preparadas para prevenir e orientar casos de uso de drogas. Para isso, podem contar com a Fundação Penteado, um Hospital especializado no tratamento para dependentes em álcool e outros tipos de drogas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Av. Antônio Gomes da Silva Júnior, 625 - Ribeirão Preto

Ligue agora

Ligue agora

(16) 3442-1880

Agendar Consulta

Agendar Consulta

Atendimento Especializado

WhatsApp chat